01 julho, 2006

Semanas Cheias...

Caminhando e Cantando e Seguindo a Canção!!!

Obrigado pelos comments, valeu mesmo... É isso que me da forças para continuar escrevendo (nossa que dramático!!!)

Bom diferentemente do ultimo post neste tenho do que falar!

Vou começar pelo mais inusitado, que foi a minha ida à Parada do Orgulho Gay.
Realizou-se na Av. Paulista, no dia 17 do mês corrente.
Impressionante como tem gente que gosta de ir nesta parada, pelas contas da PM tinham cerca de 2,5 milhões de pessoas!!! Muita gente mesmo, e eu não vi uma briga, uma discussão nada, todos a minha volta se divertindo e se liberando.
Eu não tenho preconceito e me orgulho disto e acho que vai ser muito bom quando, um dia, os beijos apaixonados entre os casais de mesmo sexo que eu vi na paulista possam ser dados em qualquer lugar, em qualquer dia, como acontece com os casais heterossexuais...

Eu tenho uma opinião meio estranha sobre a homossexualidade, estranha porque eu a ouvi no filme “Trainspotting” e acabei tomando como minha.
Bom eu considero o homossexualismo a próxima evolução humana, na verdade o bi-sexualismo, pois caminhamos para uma sociedade onde as pessoas se apaixonaram uma pela outra sem se preocupar com o sexo da outra pessoa. Penso que é o jeito que a natureza arranjou para conter a superpopulação. Sem essa de puritanismo, a igreja e as “leis de conduta” da sociedade são desconhecidas para a natureza, que conhece apenas as suas próprias leis.
Seremos uma sociedade bi-sexual!!

C0P@ 2oo6?!?!

Eu ainda não havia dito nada sobre futebol nesta pagina, mas quem me conhece sabe que eu sou apaixonado pelo esporte bretão!!! E todos sabem também, embora talvez não queiram admitir, que eu sou um profundo conhecedor do esporte. Tanto sou que sempre disse que o quadrado mágico da seleção de Parreira não funciona com dois centroavantes, Adriano e Ronaldo, mas todos diziam que funcionava porque segurava a defesa adversária e eu sempre dizia que contra o Brasil, com ou sem dois centroavantes, todos jogam com a defesa presa assim deixando os dois centroavantes do Brasil sempre marcados, pois como são centroavantes não possuem características de se movimentar e facilitam a marcação. Com um centroavante e um atacante mais rápido e que não fica tanto na área o Brasil, e qualquer time do mundo, joga melhor vide os jogos da primeira fase, o melhor jogo foi contra Japão, onde Robinho, ligeiro, esperto e com muita mobilidade fez com que Ronaldo jogasse melhor.
E acabamos perdendo... um dos piores jogos da história da seleção, entramos para perder e cumprimos o estabelecido. Para mim sempre foi meio obvio que o Brasil não ganharia esta copa, por conta da diferença que o Brasil abriria para as outras seleções, e também pelo próprio futebol apresentado. Mas também sempre pensei que para a final nós iríamos, porque seria a final mais rentável, Brasil e Alemanha, seria maravilhoso. Agora perder para a França dos velhinhos?!?! Isso eu não esperava, e perder como perdemos, sem vontade, com medo, respeitando uma seleção velha e ruim como a francesa, onde o melhor jogador do time já passa dos 34 anos e até agora não apareceu nenhum francês melhor para substituí-lo... não posso respeitar o futebol francês, nem posso de maneira alguma respeitar a nossa ridícula e assustada seleção, uma seleção que tinha os melhores jogadores, mas
nunca teve o melhor time!!!
Pensar no número de vezes que Kaka e Ronaldinho Gaúcho fugiram da responsabilidade que tinham, do número de vezes que Cafú deixou de cruzar, deixou de participar, deixou de ser uma opção de jogo, lembrar o quanto o Roberto Carlos poderia ter sido importante e não foi, e olha que este foi o melhor jogo dele na copa. Lembrar que Ronaldo conseguiu acertar o gol francês apenas aos 42 minutos do segundo tempo. Lembrar que ninguém no time, ninguém mesmo, pegou a bola e gritou um palavrão para chamar o time, nem mesmo o merda do Parreira foi capaz de incentivar o time... simplesmente foi o pior jogo que eu já vi do Brasil, ele nunca perdeu tão apático, nem mesmo em 98 foi tão ruim... e nós só não tomamos mais gols porque o time francês é bem ruim, muito mais ruim que o time ridículo que ganhou da gente em 98... decepcionante, mas é apenas futebol...
Mas espero que em 2010, quando o Robinho será titular, Kaká será o capitão, Cicinho e Gilberto serão titulares, nós poderemos comemorar não o titulo, mas sim um futebol melhor.

E vamos todos torcer para que o Zagallo morra até lá, até por uma questão de humanidade, afinal um pedaço de couro como aquele precisa descansar... eu não estou brincando!


Bom, após esta minha chatíssima explanação sobre o futebol lanço-me a outra chatíssima questão: “Será que é apenas futebol ou tem mais importância?”
Espero que alguém responda a esta questão, pois eu não sei muito bem o que pensar, pois pra mim, apesar de amar o esporte e gostar mesmo de assistir e praticar, acho que é apenas futebol, porém não posso simplesmente fugir da realidade das outras milhões de pessoas que consideram que é mais que futebol, que consideram uma questão nacional de extrema importância.
O que dizer de torcedores organizados que são capazes de se juntar para cobrar dos jogadores do clube para o qual torcem que eles joguem com mais vontade, mas que não movem um dedo para protestar contra os filhos da puta do congresso!! Para estes o futebol é mais importante que a política, que a vida real.
O que eu quero dizer é que mesmo que eu não considere o futebol e a Copa do Mundo as coisas mais importantes do mundo as pessoas que consideram fazem com que eu seja influenciado, como por exemplo pelo transito que fica das pessoas que querem ver o jogo em casa, pela TV, que às vezes vejo e que apenas fala da copa, pelos jornais, pelo rádio, as vitrines das lojas, os ônibus, as pessoas que ficam a nossa volta e que só falam de copa do mundo. Mesmo que eu não dê importância a copa do mundo tem importância, e muita importância. Mas não deveria ter tanta importância!!! Deveria ser apenas diversão e esporte. É uma merda ver torcedores ingleses brigando com torcedores alemães por conta deste esporte tão belo...

P0LíT1c@

Antes de postar vi a reportagem na qual o companheiro Lula enfim declara-se candidato e começa, oficialmente, sua vitoriosa campanha de reeleição. Bom o que dizer... dificilmente o picolé de chuchu vai chegar ao segundo turno, ainda mais se o PMDB governista der um jeito de engatar um apoio extra-oficial ao PT, como parece que vai acontecer. Ainda mais com a provável mudança de partido de José Alencar, vice-presidente, que pode passar a integrar as fileiras do PMDB.
Para mim é fato consumado que Lula se saíra vitorioso, porém seu segundo mandato será mais difícil, pois o congresso, depois dos escândalos, será ainda mais hostil às decisões de governo, ainda mais se o PT não conseguir emplacar um bom número de parlamentares, o que considero que não conseguirá.
Por que postei sobre isso?? Gosto de política, e esse período de conversações é o mais importante, pois devemos lembrar o que foi dito aqui para podermos cobrar mais adiante.

F1lo50f1@a...

Resolvi que vou falar um pouco sobre um dos filósofos que mais admiro, e que tento seguir seu pensamento pra viver melhor.
O nome dele é Sêneca, romano, fez parte da corte de Nero e como muitos que fizeram parte desta corte ele também foi obrigado a tomar veneno para morrer.
Sêneca foi um grande observador de seu tempo e das pessoas que viviam ao seu redor. Sendo assim pôde conhecer bem de perto o estilo de vida das pessoas ricas e abastadas da Roma de Nero.
Sua filosofia baseia-se nestas observações da vida das pessoas ao seu redor. Sêneca percebeu que quanto mais expectativas às pessoas tinham mais elas se decepcionavam. E ele percebeu isso observando a diferença entre as reações de pessoas ricas e pessoas pobres. Certa vez ele observando da janela de sua casa viu alguns plebeus conversando e comendo no quintal, pareciam felizes, tão felizes quanto os ricos em seus magníficos banquetes. Em dado momento um dos plebeus foi levantar-se para pegar mais água e acabou deixando o copo cair no chão quebrando o copo, todos riram da cara que fez o plebeu e a dona da casa pegou uma vassoura e limpou onde o copo caiu e disse ao amigo que deixou o copo cair que não havia problema. Sêneca percebeu que por mais que aquele copo fosse um dos poucos que eles tinham eles não se sentiram no direito de interpelar o convidado somente por conta de um copo. Não se decepcionaram com isto, pois davam ao copo e a situação a dimensão que eles tinham.
Em uma outra oportunidade Sêneca estava em um banquete de uma família abastada, com outros membros da corte, comiam e bebiam do melhor, e a dona da casa dava centenas de ordens a seus empregados para que o banquete ficasse perfeito. Em dado momento um escravo trazia alguns copos de cristal para os convivas quando um dos copos cai ao chão e se quebra, a dona da casa ficou possessa, chorava e gritava com o pobre escravo, que se ajoelhou para pedir perdão. Isto não foi suficiente e a dona da casa apenas se sentiu “vingada” quando o escravo foi levado ao quintal e, sobre os olhares de todos os convivas, foi morto pelo capataz.
Comparando as duas situações Sêneca percebeu que os plebeus não se sentiram tão tristes ou enraivecidos com o copo quebrado porque, como pessoas pobres, não tinham grandes expectativas sobre aquele pequeno jantar. Já a dona da casa onde se realizou o banquete, por ser rica, cria grandes expectativas, pois pode pagar por grandes expectativas, mas isto a tornou mais propensa a sentir grandes decepções, como no banquete que estava perfeito, mas por conta de um simples copo de cristal quebrado pareceu para aquela dona de casa que tudo foi em vão.
A partir disto Sêneca criou sua filosofia de vida, que é, basicamente:
1° Não criar grandes expectativas, e sempre entender que as coisas podem dar errado e você tem que estar pronto para isso;
2° Dar as coisas e as situações o valor que elas tem de verdade, como no caso da dona de casa do banquete, o preço da reação dela foi muito mais alto do que o valor de um copo de cristal quebrado e por isso ela ficou infeliz e possessa.

É mais fácil viver como queria o bom Sêneca. Só não vou colocar uma frase dele aqui porque eu já postei uma dele antes. O cara era bom, e ele seguiu até o fim a sua filosofia, pois quando chegou a vez dele beber veneno obrigado pelo Nero ele não derramou uma lagrima ou suplicou por sua vida, apenas bebeu pois já esperava que aquela merda iria acontecer.

Seguindo um certo “modus operandi” vou colocar aqui um trecho de uma entrevista de Roberto Shinyashiki:
Falta às pessoas a verdadeira auto-estima. Se eu Preciso que os outros digam que sou o melhor, minha auto-estima está baixa. Antes, o ter conseguia substituir o ser. O cara mal-educado dava uma gorjeta alta para conquistar o respeito do garçom. Hoje, como as pessoas não conseguem nem ser nem ter, o objetivo de vida se tornou parecer. As pessoas parecem que sabem, parece que fazem, parece que acreditam. E poucos são humildes para confessar que não sabem.Há muitas mulheres solitárias no Brasil que preferem dizer que é melhor assim.
Embora a auto-estima esteja baixa, fazem pose de que está tudo bem.

É... realmente as pessoas pararam de ser, pararam de ter e agora parecem, e apenas parecem... uma sociedade hipócrita de aparência e ilusão... já devo ter escrito algo assim, mas a nossa sociedade é de extrema hipocrisia, todos são perfeitos todos acertam, fracassados são sempre poucos, como no post passado disse ninguém assume a culpa por seus erros, prefere colocar a culpa em algo ou em alguém, pois assim pode continuar “parecendo” que é perfeito e que não erra... eu acho tão bonito errar, e errar feio, mas depois poder rir do erro, poder perceber que é extremamente normal errar e continuar tentando...
Uma sociedade de aparências é uma sociedade fadada ao fracasso... alias, é uma sociedade que já fracassou...

Abraço a todos...

“Regozije-se... Tudo é nosso!”

4 comentários:

Tico disse...

E AAeee Robertão.


E essa teoria de sociedade bi-sexual.

É interessante, mas creio na liberdade do individuo. Simples assim. Liberdade sexual ta lá nela contida.

Boa também a sacada de manejo da natureza para redução de natalidade e problemas de superpopulação.

Copa 2006, chato demais...

Bebi bem menos que planejei beber, o Brasil se fodeu mais cedo que pensei que fosse se foder. Resumindo, foi uma merda, só pelo fato de eu beber bem menos do que o planejado já é suficiente para ser uma merda.

"Não se decepcionaram com isto, pois davam ao copo e a situação a dimensão que eles tinham." Isso faz sentido.

"poucos são humildes para confessar que não sabem", isso também faz sentido.

É Robertônes... "uma sociedade que já fracassou...".

É mais degradante que eu imaginava a cinco minutos atrás.

Fiquei um pouco deprimido com essa leitura toda, vou me auto-estimar! (HAHAHAHA!)

Mas ai... vamos marcar pra tomar umas brejas, essas coisas todas...

abração ai pra vc... e até

Juh* disse...

Então!

Tenho uma pergunta que não quer calar...

AONDE O THIAGO ESCREVEU TUDO ISSO?

ausushhuasuhasuhaushahsuhsuh

[ele tá sem computador.]

Bom, eu li tudo, até a parte de política. quando li "politica", resolvi desistir, pq politica eu não discuto... simplesmente faço a minha.
=]

Quanto a Parada.. Pô, há anos que eu queria ir... tenho amigos gays, amigas lésbicas, sou totalmente a favor disso... esses marginais, que batem e aterrorizam, é que deveriam ser presos... não eles, os homossexuais.
E a teoria é fantástica, claro!
=]

Explica muuuita coisa. Mas duvido que os chineses vão parar tão facilmente!

Quanto a copa, também penso diferente. Só gosto da Copa pq todo mundo fica feliz, parece que as guerras param, e o povo se veste com as cores do país, se reune num estádio, grita, se emociona...
Mas o jogo, em si?
Prefiro ver voley.
[foi-se os tempos em que gostava tanto de futebol. agora, só gosto de ver o Glorioso do Morumbi!]

Acho que já escrevi demais, né?
Seu link já está no meu fotolog!

Beijão, e vamos sair seu merdinha!

Juh* disse...

Ah, sim!

Sou a favor do Lula, tá... Sou petista de coração, desde meninota.

=]

Tico disse...

AAAeeee!!

Robertônes, meu amigo.

Temos mesmo que beber e beber...

Ow, aquele post não foi meu. Nem conheço a banda e nem tento ser poeta, só escrevo um monte merda.
Apesar de acreditar que arte é apenas a inicitaiva de ser expresso o instante cristalino.Sendo assim para ser artista é só expressar o instante, sem talentos ou egos e super-egos.

Ai Robertônes, sou Emo! HAHAHA engraçado a fragilidade intelectual de alguns... liga nessa...

http://www.orkut.com/CommMsgs.aspx?cmm=8872028&tid=2449331565859503524&start=1

Mas ai, a cerva, não podemos esquecer...

Abração e até.